VOCÊ ESTÁ EM: PÁGINA INICIAL » Notícias» Rock in Rio» Jessie J elogia show de Iza no Rock in Rio em entrevista ao G1
Jessie J elogia show de Iza no Rock in Rio em entrevista ao G1 Publicado Por: Equipe Jessie J Brasil Publicado Em: Rock in Rio

Segunda pessoa com mais talento a defender a máxima “não quero dinheiro, eu só quero amar”, Jessie J vai muito além do posto de discípula involuntária de Tim Maia. Desde o primeiro hit dela, “Price Tag”, de 2011, Jessica sempre deixou uma coisa clara: ela canta bem demais.

A carreira da inglesa de 31 anos também sempre teve algo de pop motivacional em seu som. Mas ela nunca esteve tão coach como nesta passagem pelo Brasil, com shows em São Paulo e no Rock in Rio.

“Eu tento ser uma coach quando estou no palco. Eu fico tentando inspirar todos que tenham um sonho que sejam eles mesmos”, explica a cantora ao G1, em entrevista perto de seu camarim no Palco Sunset.

“O jeito que eu sou é o jeito que eu sou. Eu não conseguiria dar toda minha energia e meus sentimentos verdadeiros… Eu quero dizer mais, ir além da minha opinião, não quero dizer às pessoas o que devem fazer ou ser. Quero tentar dar uma experiência que mostre que a gente está junto nisso aqui.”

No show do domingo (29), sobraram frases motivacionais e pedidos como “bote a mão no coração” ou “quem é uma pessoa forte aí levante a mão”. Hoje, a cantora faz um pop para se sentir bem.

Ao ser perguntada sobre música brasileira, Jessie citou quem estava cantando na hora da entrevista:

“Eu estava ouvindo a Iza, ela é incrível. As mulheres do line-up deste ano são demais. A gente estava dançando ali no camarim quando estava me aprontando.”
Quem também estava no camarim dela era o namorado Channing Tatum. Antes da entrevista, a assessoria da cantora pediu que não fossem feitas perguntas sobre vida pessoal. Era para evitar menções ao ator, que gravou quase toda a entrevista com um celular. Meio distante, sem atrapalhar.

Melhor fase
Jessie já havia dito o G1 que vive uma boa fase, após “momentos ruins” . Ela contou ter passado por problemas com sua carreira e vida pessoal. Ela sempre faz questão de falar sobre a importância de se falar em saúde mental.

“Infelizmente, o mundo hoje vê as vulnerabilidades como o mesmo que ser fraco. E não é, é ser real. Então, seja vulnerável com você mesmo, seja vulnerável com seus amigos. Abra-se, não fique quieto.”
“Se estou triste, eu escrevo uma música sobre estar triste. Se estou amando, escrevo sobre estar amando…. Eu nunca me escondo da verdade. Então, quero que meus fãs sintam isso, quero que o mundo sinta isso. Eu preciso sentir isso.”

Rock in Rio 2019: Jessie J encerra palco Sunset neste domingo (29) no — Foto: Alexandre Durão/G1


POSTADO EM 02.10.19 21:56
DEIXE SEU COMENTÁRIO